sexta-feira, 3 de outubro de 2008

CHARLOTE


Desde que eu me entendo por gente eu como esse doce... e pra mim, desde sempre, ele se chamou CHARLOTE.

Há pouco tempo fui pesquisar a diferença entre Charlote e Pavê e descobri que, via de regra, Charlote é desenformado e Pavê fica na travessa... ou seja, isso não é um legítimo Charlote e sim um belíssimo Pavê!

Porém, há mais de 30 anos o chamo de Charlote, no mínimo já virou apelido:
- Muito prazer, meu nome é Pavê mas pode me chamar de Charlote!


Esse preparei especialmente para a irmã que mora no Rio, quando de sua vinda à Paulicéia, mais precisamente no dia do Risoto de Abóbora.

Preparei a surpresa e antes de servir pedi a ela que adivinhasse qual seria a sobremesa, de dica apenas que era algo que comíamos quando éramos crianças, não precisou de mais... acertou na primeira.

A preparação contou com a preciosa ajuda da mamãe, ou seja, praticamente a preparação original.

DIVINO!


CHARLOTE

CREME:

- 1 litro de leite
- 2 colheres (sopa) (bem cheias) de amido de milho (maizena)
- 2 gemas
- 2 colheres (sopa) açúcar
- 1 lata de leite condensado
- gotas de baunilha

Dissolva bem a maizena em um pouco de leite. Leve ao fogo o restante do leite, o leite condensado, as gemas peneiradas, o açúcar, a maisena dissolvida e a baunilha, mexendo sempre até engrossar. Se necessário acrescente um pouco mais de maizena, sempre dissolvida em um pouco de leite. DICA: se o creme empelotar passe por uma peneira.

BASE:

- 300gr de biscoito champagne
- 2 xícaras de leite
- 1 colher (sopa) açúcar
- 6 colheres (sopa) achocolatado em pó
- 1 cálice de conhaque (opcional)

Dissolver o achocolatado e o açúcar no leite frio e misturar o conhaque. Esfarelar os biscoitos e misturar ao preparado. Se precisar aumente um pouco a quantidade de leite. O importante é não ficar seco nem molhado demais, senão o líquido escorre depois de pronto.

COBERTURA:

- 2 claras
- 1 lata de creme de leite
- gotas de baunilha

Bater as claras em neve. Adicionar a baunilha ao creme de leite e misturar delicadamente com as claras.
OBS: se preferir adicione 1 a 2 colheres de sopa de açúcar ao creme de leite. eu como não gosto de nada muito doce, prefiro não colocar, mas fica a gosto do freguês...


MONTAGEM:

Forre o fundo de uma travessa com os biscoitos molhados.
Cubra com o creme e por último espalhe a cobertura.
Decore com chocolate em pó ou pedacinhos de chocolate.

Leve ao congelador. Retire um pouco antes de servir.


14 comentários:

Glau disse...

Nossa Re, que máximo de pavê! Esse cremão branco deu água na boca! Acho que vai entrar pra listinha das sobremesas a serem feitas na festa do Ale.

Adorei a quantidade e a qualidade das fotos! :)

Bjos parceira,
Glau

Nana disse...

Querida,

ficou lindo!
A receita é maravilhosa, a sua irmã virá mais vezes para SP com tanta delicias que tem ai.
bjs

Mari Azevedo disse...

Rê, eu amo, amo, amo pavê! E olha que coincidência, fiz em casa ontem (já nao tem mais nada), e devo postar o meu em breve! É parecidíssimo com esse teu aqui, mas tem algumas variações (os biscoitos ficam entre o creme e a cobertura, por exemplo)... fica maravilhoso, né?
Bjão!!!

Laurinha disse...

aiai, a dieta assim vai pro ralo... assim-num-dá!

Eu conheço mesmo por pavê... uma delícia, geladinho, hummmmmm, bom demais!

Beijinhos

ameixa seca disse...

Uma delícia... óptimo aspecto!
Bom fim de semana :)

Neyma disse...

Ola Renata
Adorei a receita!
Assim como a Mari, também tenho uma receita de familia, basicamente igual, só que com os biscoitos no meio e chamamos de Falsa Cassata.
Tão bom estes gostinhos de infância, não é mesmo?
Beijinhos

martina disse...

Renata, teu blog é lindo, as fotos são de dar água na boca!

Magia na Cozinha disse...

Que delícia! Pena que por é tão díficil de se achar biscoito champanhe.
Bjs :)

Leila disse...

Renata,
Charlote ou Pave ficou divino!!!
beijinhos

Valentina disse...

lindo este seu pave/charlote. adoro esta sobremesa. me lembrou de umas boas refeições no Brasil com uma bela sobremesa. voce mima a mana, ne? Que bom.comida é carinho.

Ziza disse...

Tu vês: como implico com pavês, sem saber fazia charlotes e chamava de tortas mezzo pavezadas...

;)

Angela disse...

Com conhecimento de causa possso dizer que tava divino mesmo.
:0)
Um beijão.

Angela disse...

ah menina,
e tô adorando o rita palita! tô com 5 kilos a mais and counting...

Mão na Massa disse...

Olá renata!

Olha, não sei se sabes, mas depois do desafio do chocolate iniciei o projecto de um livro sobre o desafio, onde cada blog participante tinha uma página.
Acontece que vou ter de o concluir esta semana... Como ainda não fizes-te e como adorei esta charlote... Será que posso pôr na tua página como se fosse a receita do desfio? Ou já fizes-te a tua receita?...
Responde-me por favor.
Bjs Ana

Blog Widget by LinkWithin