terça-feira, 28 de outubro de 2008

THINK BLUE


Abro um parênteses nos assuntos culinários e aproveito o convite do Bergamo para falar sobre minhas atitudes azuis e fazer um desabafo...

Hoje, no caminho para o escritório vi uma calçada imunda, cheia de lixo espalhado, numa rua movimentada de um bairro bom da cidade, aonde supõe-se que circulam pessoas esclarecidas que não deveriam fazer esse tipo de coisa...

Fiquei pensando sobre isso e cheguei à conclusão de que não tem essa de classe social, idade, sexo, nada, em todos os lugares existem pessoas conscientes e pessoas inconscientes...

Não é novidade vermos uma madame abrir o vidro do seu carrão e jogar um papel pela janela, assim como tbém o faz o cara do carro mais furreca... é realmente uma questão de educação e não de classe social...

Quando morei em Belém vi uma das coisas mais absurdas de toda a minha vida, algo simplesmente inimaginável: em plena rodovia, um motorista de ônibus abre a janela do ônibus em movimento e joga um côco verde pela janela!!! Dá pra acreditar nisso???

Eu posso ser cricri, chata, o q for, mas algumas coisas simplesmente não entram na minha cabeça... não dá pra entender o que justifica pessoas ditas esclarecidas (????) saírem para passear com seu cachorro e acharem que tem o direito de deixar o cocô do animal no meio da rua, só pq não está na calçada, afinal a limpeza da rua é obrigação da prefeitura e é para isso que se paga imposto ???!!! ou jogarem bituca de cigarro e outros dejetos na areia da praia só porque já está sujo???

O que justifica alguém não reciclar o lixo só pq isso deveria ser obrigação da prefeitura e a mesma não faz???

O que justifica alguém escovar os dentes com a torneira aberta gastando água, só pq tem água demais no planeta???!!! Se fosse coca-cola que saísse da torneira duvido que desperdiçassem...

O que justifica alguém deixar o chuveiro aberto gastando água e energia enqto lê o jornal no "trono"???

Eu estou longe de ser perfeita, e também não sou militante... uso carro sim, preciso me locomover e o transporte público da minha cidade é ruim, mas já que faço isso, e algumas outras coisas, procuro ao menos fazer o que está o meu alcance pelo meio-ambiente... se cada um fizesse a sua parte o mundo estaria bem melhor... e não me custa nada!!!!

Atitudes azuis são aquelas que protegem o planeta...

As minhas, das quais me orgulho bastante, são:

- em hipótese nenhuma jogo papel ou qualquer outro objeto na rua, coloco na bolsa, no bolso, no carro, até que encontre um lixo
- recolho o cocô do meu cachorro qdo o levo para passear na rua, acho q ngm precisa nem ao menos ver o cocô do meu cachorro...
- separo e coloco para reciclagem todos os plásticos, latas, papéis e vidros, não tenho coragem de jogar no lixo comum...
- fecho a torneira enquanto escovo os dentes ou lavo a louça , só ligo o chuveiro quando for entrar e não fico enrolando no banho...
- procuro sempre comprar produtos orgânicos e embalagens recicláveis
- evito ao máximo comer carne
- reutilizo todas as sacolas plásticas
- não fumo
- não faço fritura, pelo bem no meu organismo e do meio-ambiente

E acho o cúmulo gente que quer justificar suas atitutes erradas com o erro do outro...

8 comentários:

Bergamo disse...

Vamos tentando e nos esforçando. Tb não sou militante, nem "ecochato", mas sim - sensato.
Quem ama, cuida. O planeta agradece - e até onde eu sei, só temos um.
Beijos e obrigado pelas super-atitudes conscientes!!!
Bergamo

Glau disse...

sou madame, mas não abro o vidrão do carro pra jogar coisas na rua! :)

Renatinha é pessoa do bem.. em todos os sentido!
Bjão minha amiga, Glau

Mão na Massa disse...

Olá amiguinhos!

Já nasceu o livrinho do desafio!

Passem para dar uma espreitadela!

Bjs

A dona da cozinha disse...

Rê (jé estou me sentindo íntima),
o seu post está muito bom.
Também não me conformo com as pessoas jogando lixo na rua, eu vou acumulando todos no meu carro para despejar em uma lixeira. Isso é questão de cultura, que falta também nos governos, basta vc contar quantas lixeiras encontra nas ruas em um raio de 1 km.
também fecho a torneira , etc, mas não separo o meu lixo, e me sinto tão mau por isso, não sei que resistência é essa...
;o(
b-jocas,paula

Anônimo disse...

Precisaria existir MILHARES de Renatas Gaeta para que o planeta pudesse começar a respirar de novo.
Parabéns,
Te Amo,
Beijo,
Lana

Tati disse...

Dá uma olhadinha no blog da Simone:
http://wiccaverna.blogspot.com/
Ela também tá tentando atitudes legais com o mundo!!!

Beijos

Anônimo disse...

Definitivamente cada um no seu quadrado. Hoje estava andando na praça com minha filha e fui fazer um lanche em uma barraquinha da AVAO, comi e como sempre conversei com quem estava vendendo as guloseimas que tinham por fim ajudar a instituição que apoia pessoas com câncer. Pela minha falastronice e irresistível simpatia fui convidado a participar do projeto. Respondi de pronto que não tinha perfil para aquilo e elas retrucaram me dizendo que as pessoas tem que se envolver.
Aí argumentei que uns tem perfil para "salvem as baleias", outros para adote um cão e outros ainda para feche a torneira ao escovar os dentes. Louvo e salvo a cada uma desses pessoas, mas lhes digo que é impossível estar antenado e em dia com todas as coisas corretas a fazer; se você tentar você não vive , vai ser um participante de uma gincana impossível de ganhar.
Depois do que disse,se lhes dissesse alguma coisa para fazer seria mais um militante em busca de prosélitos. Mas não suportando, rs, vou dizer que não encane, apenas se escute e veja qual é o seu quadrado. Se fizéssemos isso não haveria guerras.E talvez ficassemos de saco cheio em pouco tempo de não ter do que reclamar e seria criado um movimento para virar a lixeiras das ruas, rs.
Pierre Taipa com fome de cominhas de Renata

Myrna disse...

Oi, cheguei aqui pelo Cinderelas de Apartamento! Parabéns pelo blog!
Essa do coco eu escutei de outra pessoa, ocorrida em outro lugar. Era um ônibus para Santa Catarina, a senhora estava com seu filho, ele bebendo água de coco. Terminada a água, a senhora joga o coco pela janela, com canudo e tudo, obviamente. O passageiro do lado (que me contou a história) diz "A senhora jogou UM COCO na estrada?!?" e eis que ela responde "mas já acabou!!!"
tsc tsc tsc

Bem, duas das minhas atitudes azuis, além da economia de água & cia, são:
- fazer "bem-bolado" com as sobras, sempre que possível
- sempre calibrar os pneus do carro, para que ele gaste menos combustível

Blog Widget by LinkWithin