segunda-feira, 5 de maio de 2008

SIMPLESMENTE AS ROSAS

Ando passeando muito por blogs de culinária como este, este e este, e acabei me animando a postar algumas coisas que tenho feito.
OJO: não tenho a menor pretensão de chegar ao cabo da colher de pau delas...

Sou gulosa e curiosa por natureza, cosmopolita, amante do comer e do cozinhar, das cozinhas comuns e exóticas, e me esforço para ter uma alimentação cada vez mais saudável... apesar de por vezes cometer certos deslizes...

Amo fotografia, patchwork, tricot...
Amo LENINE...
Amo gatos e cachorros....
e ROSAS ... rosas são a minha paixão... para comer, ver, cheirar e ter na pele....

É isso...

Buen provecho!

5 comentários:

Anônimo disse...

adorei o seu blog que fala com um jeito especial dessas coisas de comer. gostei das imagens, cores, sabores e seus comentatários que fazem com que selecionemos e demos contol C control v nas receitas que você partilha conosco.
gostei de saber que vc gosta de fotografia, pois gosto, também, dos dois ,;comer e fotografar.
sou de uma terra onde temos comidinhas... bem ., não podemos chamar de comidinhas para essas nossas comidas, mais , sim ... comidas deliciosas que fazem o mundo babar, assim como vai fazer esse seu blog.
parabéns

Anônimo disse...

pierre taipa

Anônimo disse...

dia de sol por essas terras aqui. gostaria , se pudesses, que vc renata, me desse alguma receitinha de coisa levizinha para tomar, comer ou sorver em noites quentes à dois.
confio em sua sensibilidade e espero ansioso essa dica que irá me amenizar as noites avec.
continuo experimentando tudo que sugeres com uma obdiência soldadesca.
pierre taipa

Renata Gaeta disse...

Pierre, não consigo pensar em outra opção senão uma deliciosa sopa de caranguejo com bastante coentro. Aqui aonde moro seguramente não encontratei caranguejo fresco, teria que contentar-me com o congelado, mas se em terra tiveres a oportunidade de degustar essa iguaria irá se surpreender... Perfeito para paladares exigentes. Um abraço, RG

Marizé disse...

Renata, são 10 da noite em Portugal, e estive a ler o Geléia de rosas de fio a pavio.
Pergunto-me a mim mesma sem ter resposta como é que ainda não o tinha feito pois se tanto prazer me proporcionou.
Voltarei a cada novo post, pois adorei a tua escrita, fotos, receitas enfim o teu bom gosto.
beijo

Blog Widget by LinkWithin